sexta-feira, 30 de outubro de 2015

TREPADEIRA: GLICÍNIA

DAS ESPÉCIES DA TREPADEIRA GLICÍNIA ( WISTERIA SP), AS MAIS USADAS EM PAISAGISMO SÃO A WISTERIA FLORIBUNDA, NATURAL DO JAPÃO, E A WISTERIA SINENSIS, NATIVA DA CHINA. OPÇÃO PARA QUEM QUER DAR UM AROMA SUAVE AO PERGOLADO, A GLICÍNIA JAPONESA TEM CRESCIMENTO MAS É BEM LONGEVA: PODE VIVER ATÉ 100 ANOS!
IDEAL PARA COBRIR ARCOS, PÉRGULAS, PORTÕES E CARAMANCHÕES, CONFERE UM AR ROMÂNTICO E NOBRE À PAISAGEM. AS INFLORESCÊNCIAS SÃO LONGAS, PENDULARES E CARREGADAS DE NUMEROSAS FLORES NOS TONS AZUIS, ROXO, RÓSEAS E BRANCAS -UMA CASCATA DE PÉTALAS DE BELÍSSIMO EFEITO PLÁSTICO.
A GLICÍNIA TAMBÉM PODE SER CONDUZIDA COMO ARVORETA, CARACTERIZANDO-SE POR UM TRONCO ONDULADO E COPA APLAINADA. MUITO UTILIZADA PARA CULTIVO EM VASOS, ESPECIALMENTE NA CONFORMAÇÃO DE BONSAIS. PEDE SOL PLENO, SOLO FÉRTIL E REGAS REGULARES - ALÉM DE TUTORAMENTO, ADUBAÇÃO E PODA ANUAL.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

TETO JARDIM: THE FORD MOTOR COMPANY RIVER ROUGE PLANT, DEARBORN / MI

SITUADA EM DEARBORN, NOS ARREDORES DE DETROIT, A FÁBRICA RIVER ROUGE DA FORD ABRIGA UM DOS MAIORES TELHADOS VERDES DO MUNDO, COM ÁREA SUPERIOR A 40.000 M2! INAUGURADO EM 2009, FICA PRÓXIMO SEDE MUNDIAL DA EMPRESSA, THE GLASS HOUSE - THE HENRY FORD II WORLD CENTER.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

FORRAÇÃO: AZULZINHA / EVÓLVULO

A AZULZINHA OU EVÓLVULO (EVOLVULUS GLOMERATUS) É UMA PLANTA HERBÁCEA PLENA, RÚSTICA E DE FÁCIL CULTIVO. A FOLHAGEM É DE ASPECTO COMPACTO, ARRENDONDADO E DE COLORAÇÃO VERDE ACINZENTADA, COM FOLHAS PEQUENAS, OVALADAS E RECOBERTAS POR UMA FINA LANUGEM BRANCA QUE LHE DÁ TEXTURA AVELUDADA.
AS FLORES SÃO IGUALMENTE PEQUENAS, SOLITÁRIAS MAS NUMEROSAS, EM FORMA DE FUNIL E MUITO VISTOSAS, COM PÉTALAS DE COR AZUL OU LAVANDA E CENTRO BRANCO.
VERSÁTIL, ADEQUA-SE TANTO AO SOL PLENO QUANTO À MEIA-SOMBRA. PODE SER PLANTADA EM MACIÇOS, CANTEIROS, BORDADURAS OU COMO FORRAÇÃO. VASOS SUSPENSOS E JARDINEIRAS EVIDENCIAM SUA BELEZA COM O BELO EFEITO PENDENTE.
ORIGINÁRIA DO BRASIL, NÃO ULTRAPASSA 30 CM DE ALTURA. VAI BEM A PLENO SOL OU À MEIA-SOMBRA E NÃO TOLERA TEMPERATURAS MUITO BAIXAS.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

CAATINGA: CACTO CABEÇA-DE-FRADE

OS 'CABEÇA-DE-FRADE', "DESELEGANTES E MONSTRUOSOS MELOCACTOS DE FORMA ELIPSOIDAL, ACANALADA, DE GOMOS EPINESCENTES , CONVERGINDO-LHES NO VÉRTICE SUPERIOR FORMADO POR UMA FLOR ÚNICA, INTENSAMENTE RUBRA.
APARECEM, DE MODO INEXPLICÁVEL, SOBRE A PEDRA NUA, DANDO, REALMENTE, NO TAMANHO, NA CONFORMAÇÃO, NO MODO POR QUE SE ESPALHAM, A IMAGEM SINGULAR DE CABEÇAS DECEPADAS E SANGUINOLENTAS JOGADAS POR ALI, A ESMO, NUMA DESORDEM TRÁGICA.
É QUE ESTREITÍSSIMA FRINCHA LHES PERMITIU INSINUAR, ATRAVÉS DA ROCHA, A RAIZ LONGA E CAPILAR ATÉ A PARTE INFERIOR ONDE ACASO EXISTAM, LIVRES DA EVAPORAÇÃO, UNS RESTOS DE UMIDADE."
O BELO, INCOMPARÁVEL E PRECISO TEXTO É, CLARO, DE EUCLIDES DE CUNHA, EM 'OS SERTÕES'. UMA DAS 200 VARIEDADES DE CACTOS ENCONTRADOS NO BRASIL, O CABEÇA-DE-FRADE (MELOCACTUS ZEHNTNERII) É NATIVO DE REGIÕES ÁRIDAS MAS SE ADAPTAM BEM A CLIMAS AMENOS.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

ÁRVORE 2: SUINÃ-DE-FOLHA-AMARELA

NO SUL DA ÍNDIA, NA MALÁSIA E NORTE AUSTRALIANO, ESTA PEQUENA ÁRVORE (QUE ATINGE ATÉ 5M DE ALTURA) DE FOLHAS MATIZADAS CRESCE ESPONTANEAMENTE. OS NATIVOS DESSAS REGIÕES PILAM SUAS RAÍZES TENRAS, EXTRAINDO UM SUCO AVERMELHADO TIDO COMO AFRODISÍACO. MAS APENAS PARA A VARIEDADE DE FLORES BRANCAS - A DE INFLORESCÊNCIA ESCARLATE É INÓCUA.
TAMBÉM CONHECIDA COMO SAMOA-SUNSHINE-TREE, A SUINÃ-DE-FOLHA-AMARELA ( ERYTHRINA INDICA PICT), FLORESCE NO INVERNO E PEDE SOL PLENO. SUAS SEMENTES, CONTUDO, CONTÉM SISTINA - UM ALCALÓIDE TÓXICO QUE PROVOCA O AUMENTO DA SENSIBILIDADE DA PELE.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

ADORNOS: VASOS EM INOX TRAMONTINA

LINHA DE CACHEPÔS BELT EM AÇO INOX POLIDO DA TRAMONTINA. COM CAPACIDADE DE 20 KG CUSTA, EM MÉDIA, R$ 179,00 - ENQUANTO O DE 37 KG, VALE R$ 199,00.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

DESTAQUE CÁ: JARDINS DA PRAIA, SANTOS

COM 5.335 M CONTÍNUOS DE ÁREA VERDE, O JARDIM QUE ORNA A ORLA DA PRAIA , EM SANTOS, É O MAIOR DO MUNDO. OS PRIMEIROS CANTEIROS DATAM DA DÉCADA DE 30, QUE BUSCAVAM IMPEDIR O AVANÇO IMOBILIÁRIO JUNTO Á FAIXA DE AREIA, FORAM SENDO AMPLIADOS ATÉ TOMAR QUASE TODA A EXTENSÃO DE 7KM DA ORLA.
A IDEIA, CONTUDO, É MAIS ANTIGA. NOS PLANOS DO ENGENHEIRO SANITARISTA FRANCISCO SATURNINO DE BRITO, QUE DRENOU A CIDADE COM A ABERTURA DE CANAIS ATÉ O MAR, ESTAVA UM PROJETO APRESENTADO EM 1914, QUE SUGERIA A IMPLANTAÇÃO DE UMA AVENIDA-PARQUE NA ORLA.
A IMPLANTAÇÃO COMEÇOU PELO TRECHO DA PRAIA DO GONZAGA, ENTRE OS CANAIS 2 E 3. OS PRIMEIROS PROJETOS SURGIRAM EM 1930, EXECUTADOS PELO ARQTO. CARLOS LANG E PELO ENGO. PAULO VEIGA MAS AS OBRAS SÓ INICIARAM EM 1935, SOB A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE ARISTIDES BASTOS MACHADO - QUE DÁ NOME AOS JARDIM.
NOS ANOS 40, OS JARDINS FORAM EQUIPADOS COM FONTES, POSTOS DE SALVAMENTO E O AQUÁRIO MUNICIPAL, NA PONTA DA PRAIA, O MAIS ANTIGO DO PAÍS. NOS ANOS 60, OS JARDINS GANHARAM O TRAÇADO SINUOSO ATUAL - ANTES, OS EXTENSOS GRAMADOS ERAM PISOTEADOS PELOS BANHISTAS. ALÉM DOS ARBUSTOS E DAS TRILHAS, FOI CRIADO UM DESNÍVEL DE 70CM PARA EVITAR QUE A AREIA COBRISSE A GRAMA.
ALÉM DE VALORIZAR A PAISAGEM, O JARDIM CONSTITUI UM PONTO DE REFERÊNCIA URBANA PARA O TURISMO, A PRÁTICA DE ESPORTES, LAZER E CONVÍVIO SOCIAL. O PADRÃO É O MESMO EM TODA A FAIXA. FORRADO COM GRAMA BATATAIS (PASPALUM NOTATUM), EM CONJUNTO COM ALAMEDAS DE PALMEIRAS E DEZENOVE ESPÉCIES DE ARBUSTOS DE FOLHAGENS COLORIDAS, DISTRIBUÍDOS EM CANTEIROS SINUOSOS.
NOS CANTEIROS QUE SOFREM AÇÃO DIRETA DO VENTO SUL PREDOMINAM ESPÉCIES MAIS RESISTENTES COMO A CICA (CYCAS CIRCINALIS) E A GARDÊNIA (GARDENIA JASMINOIDES), QUE FORMAM UMA BARREIRA DE PROTEÇÃO PARA OS CANTEIROS INTERNOS, COM ARBUSTOS MAIS DELICADOS E 77 ESPÉCIES DE FLORES. NESSES PREDOMINAM OS LÍRIOS AMARELOS ( HEMEROCALIS FLAVA), LÍRIOS BRANCOS (SPATHIPHIPHYLLUM SP), BIRIS VERMELHOS ( CANNA INDICA), CRISÂNTEMOS BRANCOS, AMARELOS E MESCLADOS (CRYSANTHEMUM SP) E LAMBARIA-ROXA (TRADESCANIA ZEBRINA), ENTRE OUTROS.
SÃO 1746 ÁRVORES DE VINTE ESPÉCIES E 943 PALMEIRAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTES, DE 21 ESPÉCIES, COMO A ARECA BAMBU (DYPSIS LUTESCENS). NO ENTORNO DO JARDIM PREDOMINA O CHAPÉU-DE-SOL (TERMINALIA CATAPA), QUE CORRESPONDE A MAIS DE 90% DAS ÁRVORES RESTANTES.
A PASSAGEM DE PEDESTRES É FEITA POR DUAS PISTAS, NAS EXTREMIDADES. CAMINHOS SINUOSOS CORTAM OS CANTEIROS, PERMITINDO UMA CIRCULAÇÃO MAIS ÁGIL PARA PEDESTRES QUE QUEIRAM CHEGAR À PRAIA, PASSEAR OU CORRER. ALÉM DA VEGETAÇÃO, O JARDIM POSSUI INFRA-ESTRUTURA COM BANHEIROS E QUARENTA QUIOSQUES DE ALIMENTAÇÃO, CONSTRUÍDOS EM 1994.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

ÁRVORE: CÂNFORA

ASIÁTICA, BELA E AROMÁTICA, A CÂNFORA É CONHECIDA PELO USO MEDICINAL, LONGEVIDADE E CAPACIDADE DE RECUPERAÇÃO. NO JAPÃO HÁ UM EXEMPLAR COM IDADE ESTIMADA SUPERIOR A 1.000 ANOS! MAIS: APÓS OS BOMBARDEIOS DE HIROSHIMA E NAGASAKI, AS ÁRVORES DE CÂNFORA (CINNAMOMUM CAMPHORA) SE RECUPERARAM COM ADMIRÁVEL RAPIDEZ.