quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

ÁRVORE: NIM / NEEM INDIANO

ORIGINÁRIO DA ÍNDIA, O NIM (YAZADIRACHTA INDICA) FOI TRAZIDO PARA O BRASIL EM 1992. DE CRESCIMENTO RÁPIDO, ATINGE ATÉ 10M DE ALTURA EM POUCOS ANOS. RESISTENTE À SECA E À TEMPERATURAS ELEVADAS, ADEQUA-SE FACILMENTE A DIFERENTES TIPOS DE SOLO, RECUPERANDO-OS.
SUAS FOLHAS E SEMENTES SÃO DEFENSIVOS NATURAIS CONTRA MUITAS PRAGAS - INCLUSIVE MOSQUITOS. JÁ SUA MADEIRA, RESISTENTE AO CUPIM, É DE GRANDE QUALIDADE.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

PROJETO: PAVILHÃO DE LAZER






PROJETO DE TRANSFORMAÇÃO DO AMPLO QUINTAL EM UMA ÁREA DE LAZER. CRIOU-SE, ASSIM, UM PAVILHÃO EM L EM TORNO DE UM PÁTIO CENTRAL -ONDE FORAM ALOCADOS A PISCINA , O CHUVEIRÃO E O DECK DE PEDRA CARIRI. PARTE DAS ESPÉCIES EXISTENTES FORAM MANTIDAS -CASO DA ÁRVORE NHIM E DA TREPADEIRA HERA-, OU REALOCADAS -CASO DAS PALMEIRAS ARECA-BAMBU. SOB A ÁRVORE E AO LONGO DO PAVILHÃO, TRECHOS DE GRAMADO (GRAMA ESMERALDA) EMBELEZAM E FACILITAM A DRENAGEM DAS ÁGUAS PLUVIAIS -DUAS PALMEIRAS RÁPIS ADORNAM ESSE TAPETE VERDE. DEMARCANDO OS ACESSOS À NOVA ÁREA COBERTA, VASOS PIRAMIDAIS BRANCOS OSTENTAM ARBUSTOS DE MINI-LACRE COM FLORES AMARELAS.

SOB AS SETIERAS, JUNTO À RAMPA QUE LIGA A EDIFICAÇÃO EXISTENTE À NOVA ALA, JARDINEIRAS COM LANÇAS DE SÃO-JORGE QUEBRAM A HORIZONTALIDADE. JÁ AS BELAS PALMEIRAS ARECA-BAMBU FORAM COLOCADAS EM VASOS E ORNAMENTAM O CORREDOR DE ACESSO À NOVA ÀREA. UMA DELAS, CONTUDO, FOI PLANTADA NO CHÃO, JUNTO À EXTREMIDADE DO PAVILHÃO, GERANDO UM BELO VOLUME EM CONTRAPONTO À VERTICALIDADE DA ÁRVORE QUE SOMBREIA O ESPAÇO. FORMANDO UMA ESPÉCIE DE CERCA AVERMELHADA JUNTO AO PORTÃO QUE DÁ ACESSO AO POMAR E AO CANIL, VASOS COM EXEMPLARES DE DRACENA VERMELHA DE FOLHAS FINAS FUNCIONAM COMO UM ANTEPARO VISUAL.

ADORNO: VASOS ILUMINADOS




SEGUINDO A TENDÊNCIA DE MÓVEIS ILUMINADOS, OS VASOS RETRO-ILUMINADOS SÃO UMA ÓTIMA OPÇÃO PARA AMBIENTES DE LAZER AO AR LIVRE, ONDE UMA FONTE DE LUZ INDIRETA CONDIZ MELHOR COM O CENÁRIO E A PROPOSTA DE USO.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

COLORIDAS: DRACENA VERMELHA



PLANTA RABUSTIVA PERENE DE FOLHAGEM ORNAMENTAL, COM ALTURA VARIÁVEL DE 1,50 A 2,80M, A DRACENA VERMELHA (CORDYLINE TERMINALIS) É UMA OPÇÃO BEM USADA PARA TRAZER COR AOS JARDINS. SEU CAULE CILÍNDRICO APRESENTA MARCAS DAS FOLHAS ANTERIORES -FOLHAS QUE PODEM SER ESTREITAS OU LARGAS, LISTRADAS EM BEGE E VINHO OU DE UM VINHO BRILHANTE, PEDINDO, PORTANTO, CULTIBO À MEIA SOMBRA PARA EVITAR QUEIMADURAS.

ESCULTÓRICA: TUIA HOLANDESA


ORIGINÁRIA DA INGLATERRA,A TUIA HOLANDESA (CUPRESSUS MACROCARPA), EMANA UM SUAVE PERFUME DE LIMÃO AO SER TOCADA. ELA SIMBOLIZA CONFRATERNIZAÇÃO E SAÚDE E É MUITO USADO COMO ÁRVORE DE NATAL NAS FESTAS DE FIM-DE-ANO. BELA E DELICADA, É UMA PLANTA EXTREMAMENTE ELEGANTE.

USO INTERNO: RECEPÇÃO COMERCIAL


NA RECEPÇÃO DE UMA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE, OPTOU-SE POR UMA ESPÉCIE ESCULTÓRICA PARA ADORNAR O AMBIENTE -A TUIA. CULTIVADA EM UM CACHEPOT DE VIDRO FÔSCO, BUSCOU-SE TIRAR PARTIDO DA VERTICALIDADE DA ESPÉCIE QUA ALCANÇARÁ UNS 2M DE ALTURA, ADEQUANDO-SE AO TETO EM ABÓBADA DE BERÇO E FUNCIONANDO COMO PONTO FOCAL NO ESPAÇO.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

PRANCHETA: CENTRO DE LAZER EMPRESARIAL



PROJETO DE CENTRO DE LAZER PARA OS FUNCIONÁRIOS DE UMA EMPRESA, O PAISAGISMO PROPOSTO INCORPOROU AS ÁRVORES EXISTENTES NO LOCAL E DEU CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS À CADA SETOR -OS QUAIS SÃO INTERLIGADOS POR PASSEIOS DE PEDRA CARIRI ENTRE O GRAMADO QUE DÁ UNIDADE E BELEZA AO CONJUNTO. EMOLDURANDO A BASE DO BLOCO EM L QUE ABRIGA OS APARTAMENTOS AVARANDADOS, RENQUES DE FORMIO CONTRASTAM COM A FORRAÇÃO DE GRAMA ESMERALDA. AO LONGO DO MURO FRONTAL, UM CANTEIRO COM ALPÍNIAS DÁ VOLUME E TRAZ COR AO CONJUNTO.

NAS EXTREMIDADES DO MURO DE CONTENÇÃO DA PISCINA ELEVADA -QUE NA FACE VOLTADA PARA OS QUIOSQUES DA PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO, RECEBE A BATERIA DE CHUVEIROS -, CONJUNTOS DE DRACENA VERMELHA DÃO O CONTRAPONTO VERTICAL À HORIZONTALIDADE DOMINANTE. CONTRAPONTO ENFATIZADO PELA ALAMEDA DE PALMEIRAS LATÂNIA QUE MARGEIA A PISCINA AO LONGO DO LIMITE OESTE DO TERRENO. NOS OUTROS LADOS, O DESNÍVEL É VENCIDO POR UMA ARQUIBANCADA EM L QUE ATENDE, NO LADO LESTE, AO PLAYGROUND, E, NO LADO NORTE, À QUADRA POLIESPORTIVA.

MACIÇOS DE PLEOMELE PREENCHEM OS AMPLOS CANTEIROS QUE MARGEIAM O ACESSO AO PAVILHÃO MULTIUSO, PONTUADOS AQUI E ALI POR ARRANJOS DE BROMÉLIAS. À LESTE DO PAVILHÃO FOI ALOCADO O POMAR ENQUANTO OS LIMITES OESTE E NORTE DO TERRENO RECEBERAM ALÉIAS DE BAMBU -DELIMITANDO A QUADRA E O CAMPO DE FUTEBOL SOCIETY. OUTRAS ESPÉCIES SUGERIDAS: PALMEIRA RÁPIS, PRIMAVERA, CLÚSIA, PALMEIRA ARECA-BAMBU E LÍRIO-DA-PAZ.

PALMEIRA: RÁPIS


ORIGINÁRIA DA CHINA, A RHAPIS EXCELSA ATINGE A ALTURA MÁXIMA DE 3M. POSSUI CAULES MÚLTIPLOS REVESTIDOS POR PSRTES DAS FOLHAS JÁ CAÍDAS E POR TECIDO FIBROSO DE COLORAÇÃO AMARRONZADA. ESPÉCIE DE GRANDE PLASTICIDADE, É MUITO CULTIVADA EM VASOS, À MEIA SOMBRA OU SOMBRA.

DESTAQUE CÁ: PÇA. DA LIBERDADE, BH

A BELA PRAÇA DA LIBERDADE, EM BELO HORIZONTE. ENTRE OS MUITOS DESTAQUES, A IMPONENTE ALAMEDA DE PALMEIRAS IMPERIAIS CONDUZ À ANTIGA SEDE DO GOVERNO MINEIRO, O BEM CONSERVADO PALÁCIO DA LIBERDADE - A VISITA É IMPERDÍVEL!
OUTROS DESTAQUES: OS IPÊS ROXOS, O CORETO, AS FONTES E O IMENSO CANTEIRO DE SÁLVIAS VERMELHAS.

PEQUENO JARDIM: CONS. ODONTOLÓGICO


A FLOREIRA FECHADA COM TIJOLOS DE VIDRO NA FACE POSTERIOR E JANELAS NAS LATERAIS, TRAZ A LUZ NATURAL E FUNCIONA COMO PONTO FOCAL NO CONSULTÓRIO. NAS JARDINEIRAS DE CONCRETO, ESPÉCIES COMO O LÍRIO-DA-PAZ E PAPIROS TRAZEM COR E BELEZA.

ARBUSTIVA: LÍRIO-DA-PAZ

ORIGINÁRIA DA ÁFRICA DO SUL, A SPATHIPHYLLUM WALLISI É UMA HERBÁCEA COM CRESCIMENTO DE 40CM, DE GRANDES FOLHAS VERDE ESCURAS, OVAIS DE PECÍOLO LONGO, ORNAMENTAIS MESMO SEM FLORES - EMBORA O FLORESCIMENTO ACONTEÇA O ANO INTEIRO. APRECIA LUMINOSIDADE MAS NÃO SOL DIRETO -IDEAL, PORTANTO, PARA O USO INTERNO OU À SOMBRA. AS FLORES, BRANCAS COM NUANCES DE AMARELO, SÃO MUITO UTILIZADAS EM ARRANJOS DE INTERIOR.